Um general e a sua tropa de soldados precisavam liquidar o inimigo que estava prestes a invadir seu território e colocar em risco a vida de todos os moradores da vila. Mas para que o confronto pudesse acontecer, eles precisavam atravessar uma grande ponte alta e perigosa que separava a vila do continente onde os inimigos estavam. Se os soldados caíssem da ponte a morte era certa.

O general percebeu que todos os seus soldados estavam apreensivos e com medo de atravessar a ponte para duelar com os inimigos, porém sabia que essa seria a única maneira de proteger os moradores da pequena vila.

Os soldados começaram a sugerir outras saídas como aguardar o inimigo, adiar a batalha, fugir ou desertar alegando diversos motivos. Então, ele convenceu todos a pelo menos atravessar a ponte com a promessa que depois cada um poderia tomar a decisão que quisesse.

Quando toda a tropa atravessou a ponte, o general não pensou duas vezes e ateou fogo nela. Assim, a única alternativa para todos os soldados era enfrentar o inimigo e lutar pela proteção da vila e de suas próprias vidas.

Na vida real, por diversas vezes, nos deparamos com situações parecidas. Temos uma oportunidade de entrar para um novo negócio, iniciar uma nova carreira, mudar de emprego ou se transformar em um empreendedor, mas por medo e insegurança não conseguimos atravessar a ponte.

Para não perder grandes oportunidades, elimine as alternativas, acabe com as desculpas que permitem que você permaneça na sua zona de conforto, queime a ponte e lute pelos seus objetivos até alcançar o sucesso. Acabando com a possibilidade de não mudar, você conseguirá aceitar novos desafios, terá a coragem de tomar uma decisão com convicção e não pensar em voltar atrás.

Antonio Vieira, consultor de vendas diretas de uma grande empresa, é um exemplo real de que queimar a ponte pode ser o segredo da realização profissional e pessoal. Ele trabalhava em um emprego formal há vários anos e para complementar sua renda também era consultor. Sua grande paixão era trabalhar com pessoas e tinha muita vontade de se dedicar mais às vendas diretas, mas lhe faltava tempo. Antonio criou coragem, pediu demissão e passou a trabalhar como consultor em tempo integral. Gradativamente suas vendas foram aumentando e hoje sua renda é maior do que seu trabalho formal.

E você? Qual é a ponte que está impedindo a realização dos seus sonhos? Elimine as alternativas que atrapalham sua tomada de decisão e tenha coragem para aceitar um novo desafio e ser feliz!

Gostou do artigo? Então compartilhe com os amigos!

Você tem Coragem de Queimar a Ponte?
5 (100%) 1 vote